Como escrever em inglês! O artigo de hoje é justamente sobre esta habilidade que muitos estudantes de idiomas evitam praticar. E sobre algumas atividades divertidas que vão fazer você mudar de ideia… E começar a adorar escrever em inglês ou em outro idioma estrangeiro.

como escrever em inglês

Como escrever em inglês

Se você aprende inglês ou outro idioma sozinho, é provável que deixe a escrita sempre em segundo plano… Se você faz isso, saiba que não está sozinho(a)! A maior parte dos estudantes faz o mesmo. Normalmente, porque escrever traz lembranças horríveis das suas aulas de inglês do Ensino Médio.

Então, pra começar, não se preocupe! Eu não vou fazer você escrever nenhuma redação ou resumo de livro. Mas vou dar algumas dicas fáceis para melhorar a sua escrita. E, além disso, vou sugerir como aprender a escrever em inglês com alguns exercícios que são divertidos e que funcionam. Se você não acredita, continue lendo!

Por que aprender como escrever em inglês

Tanto em nosso canal no YouTube como aqui mesmo no blog, nós já dissemos uma mesma coisa várias vezes. Dissemos que você deve concentrar seus esforços na fala e na escuta, quando começa a aprender uma língua.

Nós acreditamos que essas habilidades são as que têm a melhor relação custo-benefício. Isso porque são as que mais rapidamente permitem que você se comunique. E ser capaz de fazer isso traz uma verdadeira sensação de conquista, certo? E isso motiva você a continuar aprendendo.

Mas vale a pena usar seu tempo pra aprender como escrever bem na língua que você está aprendendo! Vou citar apenas quatro dos motivos porque a escrita é tão importante.

1. Escrever ajuda na memorização

Praticar a escrita pode fazer novas palavras grudarem como cola na sua memória a longo prazo. Isso porque que ela ativa a sua memória sinestésica. Especialmente quando você escreve à mão.

Dê uma olhada na pirâmide da aprendizagem:

como-escrever-em-ingles--do-jeito-divertido-video-mosalingua
Imagem de Education Corner

 

Escrever seria considerado “Doing” (fazer). E o índice médio de retenção desse tipo de atividade é de 75%. Isso, em comparação com com algo mais passivo, como escutar ou ler.

2. A escrita reforça as estruturas gramaticais

A escrita também pode forçar você a pensar sobre a mecânica da língua que quer aprender. Como as frases são construídas, quando tempos verbais são usados, que formas de se expressar são mais naturais, etc. E isso também beneficia sua expressão oral! Ou seja: faz com que você fale melhor o inglês ou o idioma que estiver aprendendo.

3. Escrever bem em inglês valoriza seu currículo

Sabendo como escrever bem em inglês (ou outra língua estrangeira) vai tornar você um ativo importante para a sua empresa. Ou destacar o seu currículo do resto dos candidatos para um cargo.

4. Escrever ajuda a aliviar o estresse

E costuma ser uma atividade que ajuda a aliviar o estresse e a ansiedade, e melhora sua saúde mental de forma geral.

OK! A esta altura, espero que ter te convencido, se no início deste vídeo você achava que escrever não era tão importante. Agora é hora de te dar seis dicas de como melhorar sua escrita,
e algumas maneiras divertidas de colocar isso em prática.

Como melhorar sua escrita em inglês

Dica #1: Tente escrever todos os dias

Eu gosto de começar meu dia com 5 a 15 minutos de escrita livre. Que é quase como uma forma de meditação!

Experimente! Mas lembre-se de não criar expectativas! Não se estresse com conjugação, e não volte atrás pra editar seu trabalho. Simplesmente coloque um temporizador, e ponha a caneta no papel. Sim!… Eu recomendo escrever à mão!

Escreva de forma contínua sobre qualquer coisa que venha à sua mente até o tempo acabar. A escrita livre é um habito livre de estresse. Ele vai ajudar a colocar em dia sua prática de escrita. E também vai fazer com que suas ideias a comecem a fluir mais naturalmente no idioma que está aprendendo.

Dica #2: Não comece escrevendo um romance

A melhor forma de ficar sobrecarregado e desencantado com a escrita em uma língua estrangeira é tentar fazer muito de uma só vez.

Então, se você tem dificuldade de achar a força de vontade para escrever, deixe de lado a ideia de escrever aquele romance em italiano. Pelo menos por enquanto… Em vez disso, opte por vários textos curtos.

Uma maneira divertida de praticar escrever textos curtos com frequência é postar nas redes sociais. Especialmente Tweets, já que você tem um número limitado de caracteres pra usar. Você pode tuitar sobre o seu dia, pode tuitar sobre suas celebridades ou bandas favoritas. O tuitar o que pensa sobre artigos que leu… Basta que isso seja relevante pra você!

Postar nas redes sociais pode ser uma boa forma de se manter dedicado à sua prática da língua. Isso porque você assume um tipo de compromisso publicamente. E o Luca já falou sobre as vantagens de fazer isso neste outro artigo publicado aqui no blog.

No entanto, você também pode criar uma conta separada dedicada à língua que quer aprender. Faça isso se preferir evitar que todos os seus seguidores acompanhem a sua prática.

Dica #3: Não faça com que pareça a escola

Se você odeia treinar a escrita, se distancie o máximo possível de textos “tradicionais”. Pra você, eu sugiro trocar mensagens por escrito, com um parceiro de conversação. É basicamente a versão de 2021 dos antigos correspondentes por carta.

Se você conseguir achar alguém com quem se dá bem, o tempo vai voar quando você estiver escrevendo. E isso não vai parecer um exercício. Será como se você estivesse mandando mensagens pra um amigo.

Também há quem jure que apps de relacionamento são o motivo de terem ficado tão bons em escrever em inglês! ūüėČ Não descarte essa ideia antes de experimentar! Na maior parte dos apps de relacionamento, você pode programar “matches” em uma cidade específica. Então, escolha uma onde a língua que você está aprendendo é falada.

Essa dica me leva à próxima, que é…

Dica #4: Obtenha feedback

É melhor conseguir feedback sobre a sua escrita de outra pessoa. Mas se você ainda não se sente confortável com a ideia, usar um corretor automático gratuito é outra opção.

  • O LanguageTool é um bom corretor pra dar uma olhada, já que oferece suporte para várias línguas.
  • O Microsoft Word também tem alguns recursos de correção inclusos.
  • 🇪🇸 Já se você está aprendendo espanhol, eu recomendaria uma ferramenta online chamada SpanishChecker.
  • 🇫🇷 Se estuda francês, o BonPatron.
  • 🇩🇪 Para o alemão, o DudenMentor.
  • 🇺🇸 🇬🇧 E o Grammarly ou o Write & Improve — que é uma ferramenta gratuita desenvolvida por Cambridge —, para o inglês.

O Write & Improve é bom porque também dá ideias para diferentes níveis, se você não sabe sobre o que escrever.

Um forma de deixar esse recurso divertido é pensando nele como um tipo de competição consigo mesmo. E ver se você consegue superar a sua pontuação anterior, com um menor número de erros.

Mas eu devo avisar que essas ferramentas automáticas nem sempre são totalmente precisas. Por isso, faça sua própria pesquisa pra ter certeza de que eles não se enganaram ao marcar alguns dos erros.

Dica #5: …não exagere no feedback

Você obviamente quer saber no que pode melhorar sua escrita. Então, o feedback é importante. Mas você não quer se sentir como se estivesse sendo avaliado o tempo todo, certo? Então, é importante guardar um pouco da sua escrita para si mesmo(a), e praticar só por praticar.

Como com a escrita livre, o simples ato de escrever bastante pode te ajudar a melhorar. Eu sugeriria manter um blog ou um diário pra fazer isso.

E você não precisa preenchê-lo apenas com a sua própria escrita. Eu, por exemplo, tenho um caderninho cheio de citações e expressões que encontro em coisas que li. São coisas das quais gosto particularmente, porque elas me inspiram a escrever melhor.

Dica #6: Leia

E, falando nisso, para melhorar sua habilidade de escrever em inglês, ou em qualquer língua, você precisa ler. Especialmente quando você está praticando a escrita com um fim específico. Você precisa ler vários textos parecidos, escritos na língua que está aprendendo. E imitar o estilo, em vez de traduzir diretamente da sua língua nativa.

Aliás, traduzir pode ser outro exercício de escrita divertido. E eu não digo isso só porque sou tradutora…

Escolha um gênero específico pra ler e analisar. E-mails de trabalho ou memorandos podem ajudar com a linguagem profissional. Artigos de opinião nos jornais podem ajudar você a trabalhar sua lógica e sua argumentação. Poemas e músicas são ótimos pra aprender sobre ritmo e rimas…

Então, uma vez que tenha escolhido um texto, tente copiar o estilo o mais próximo possível.

Recapitulando

Para resumir, minhas dicas e maneiras divertidas de treinar a escrita:

  • Incorpore a escrita na sua prática diária, e, para fazer isso, experimente a escrita livre.
  • Mantenha as suas sessões de prática curtas. Já que você vai estar nas redes sociais de qualquer jeito, tente escrever alguns Tuites curtos ou legendas de Instagram todos os dias.
  • Encontre o lado prático da escrita. Trocar mensagens com um parceiro ou um paquera é uma ideia divertida.
  • Obtenha correções e feedback. Por exemplo, usando uma ferramenta automática de revisão.
  • Guarde para si uma parte do seu trabalho, (pra não se sentir tão pressionado(a), mantendo um blog pessoal ou diário.
  • E leia, leia, leia! Imitar diferentes estilos e gêneros ou traduzir coisas que leu são formas divertidas de treinar as suas habilidades de escrita.

BÔNUS: nosso artigo, em vídeo

Se você prefere vídeo, não deixe de conferir este, que publiquei no canal MosaLingua no Youtube. O vídeo está em inglês mas, se quiser, você pode habilitar as legendas. Elas estão disponíveis em inglês, português e mais quatro idiomas.

E, caso queira assistir lá no nosso canal, é só clicar aqui!

Para ir mais longe, confira também estes artigos:

Conclusão

Espero que escrever se torne tão divertido pra você quanto é pra mim! E me conte nos comentários se eu consegui mudar sua perspectiva sobre a prática da escrita.

Se cuide e boa aprendizagem!